domingo, junho 03, 2007

A embriaguez da loucura


Tenho andado na escuridão.
Nos últimos dias sentimentos embriagados pela loucura atravessam o meu pensamento.
Vivo na inconstância da dúvida.
Dançando no fio da navalha.
Deambulo pelo mundo, sem saber bem o que procuro
Possivelmente paz...

Revejo mentalmente os rostos que fazem parte da minha vida
O teu...
Desfocado.
Rodopio à volta das dúvidas
Fecho os olhos e deixo-me cair...
Hoje não sei se me virás amparar...
Não sei se estás aí
Nem sei se me irei agarrar a ti

Duvido do teu sentimento por mim
mesmo se insistes em dizer que tudo está igual

Que loucura é esta a minha que deturpa a minha alma?
Ou, que lentes são essas que não te deixam ver a realidade?

Já não nos reconheço!
Tantos segredos partilhados... Tantos momentos vividos...
Vamo-nos desencaixando
Como as peças de um puzzle...
Soltas e baralhadas...
Entregues às mãos de quem já não sabe o que lhes fazer

Não sei te perdi
Ou se foste tu a perder-me!
Não sei se nos soltamos para nos voltarmos a prender

Sinto-me a enlouquecer!

2 comentários:

pekenina disse...

"Não sei te perdi
Ou se foste tu a perder-me!"

Perdeu-te ou deixou-te ir?

Bjnhs *

Someone disse...

É outra dúvida que me levantas pekenina. Não sei... Mas talvez te diga que me deixou ir quando as forças lhe acabaram